Ingredientes de Verdade

QUAIS OS INGREDIENTES DA COMIDA DE VERDADE ?

FRUTA E VEGETAIS BIOLÓGICOS – vegetais, frutas e fungos (cogumelos, trufas) frescos e maduros, produzidos localmente em solos ricos, recorrendo a práticas agrícolas sustentáveis, disponíveis consoante as estações ou preservados através de fermentação ou secagem.
CEREAIS LEGUMINOSAS E OLEAGINOSAS – preparados de forma tradicional: demolhados, fermentados ou germinados antes de serem cozinhados para melhor absorção e digestão, como é o caso do pão tradicional de massa azeda. Reconhece-se que certas pessoas não conseguem digerir grandes quantidades de cereais com glúten ou hidratos de carbono complexos em geral e que pode ser benéfica a moderação do consumo destes alimentos.
CARNES DE PASTO – animais que vivem ao ar livre que vivem com o pasto de baixo dos pés e sol sobre a cabeça.*
ANIMAIS DE MAR SELVAGENS – peixes, crustáceos, marisco e moluscos que vivem e comem do seu ecossistema natural – mares, rios e lagos.*

* Valorização de todas as partes destes animais na alimentação: ossos, espinhas, carcaças e cartilagens para a confecção de caldos; gorduras e órgãos (fígado, cérebro, rins, coração, língua, ovas…) relevantes pelo seu valor nutricional.

OVOS – de galinhas felizes que se passeiam ao ar livre.
GORDURAS – Gorduras naturais saudáveis como as gorduras animais e óleos vegetais tradicionais não refinados, hidrogenados ou invertidos: azeite virgem extra, manteiga, manteiga clarificaficada (ghee) e banha de animais de pasto.
LACTICÍNIOS – Produtos lácteos crus (não pasteurizados) e de animais de pasto: leite, queijo, manteiga, natas, natas azedas, kefir crus, inteiros (sem redução do seu conteúdo de gorduras)
ADOÇANTES NATURAIS – açúcares não refinados em pequenas quantidades. mel cru, melaço de cana, seiva de árvores como o xarope de acer, stevia, em quantidades moderadas.
SAL – Consumo de sal marinho integral não refinado do qual não foram retirados minerais (não confundir com o convencional sal de mesa – cloreto de sódio.
TEMPEROS, AROMÁTICAS E MEDICINAIS – Utilização de plantas aromáticas e medicinais na forma de tempero e infusão pelos seus benefícios nutricionais e palativos.

A alimentação do reino vegetal, animal e fúngico deve ser a adequada para cada espécie com o intuito de garantir a sua qualidade de vida e a sua qualidade enquanto alimento. A integridade de um solo rico em minerais e isento de poluentes é essencial para isto seja possível

A valorização da diversidade de espécies, pela preservação de autóctones tradicionais e pela adopção de outras espécies que viabilizem novas culturas, garantindo a estabilidade dos ecossistemas.

Comida de Verdade não contém ingredientes assustadores que são difíceis de pronunciar e que não crescem num jardim.
 

“Don’t eat anything your great-grandmother
wouldn’t recognize as food.”

“Não comas nada que a tua bisavó não reconheceria como comida”
Michael Pollan

 

O que é afinal Comida de Verdade? >>
Pricípios das dietas saudáveis no site da WAPF (inglês) >>