Duarte Martins

Desde pequeno que se sentiu bem no campo, quando passava férias com a familia na beira baixa, onde fazia caminhadas à deriva e acompanhava algumas caçadas.
Mas como viveu a maior parte do seu tempo em contexto urbano, foi só depois de terminar o curso de Escultura nas Belas Artes que a vontade de se ligar ao ciclo da terra veio marcar o seu ritmo.

Começando por um PDC em Sintra, depois um curso de Agrofloresta com o Ernst Götsch e uma formação em Ecoturismo pela Liga para a Protecção da Natureza, vai-se apercebendo aos poucos que a forma como vive no mundo pode ser muito mais rica se pensar de uma forma mas holística. Tira um curso intensivo de Yachtmaster no sul de Inglaterra, começa a caçar com arco e flecha e organiza caminhadas pelo território, sentindo que vai construindo a sua própria escultura, que é ele mesmo. Adquirindo novos conhecimentos que o formam e o ligam mais a um todo.

Com a descoberta de ter uma doença autoimune e apercebendo-se que ele seria o melhor médico de si mesmo, entra numa viagem de busca e descoberta individual, focando-se na alimentação e no bem estar para a sua cura.
Neste momento está em transição entre Lisboa e a Beira Baixa por sentir que só estando mais próximo da terra é que pode participar num ciclo de vida mais completo e resiliente, dedicando-se assim à vertente rural da LOCAL.

 

Hugo Dunkel <<
Gustavo Briz >>