Marcha contra a Bayer-Monsanto
19 de Maio de 2018 – 15h
Leões até à C. M. do Porto

No dia 19 de Maio de 2018 o mundo volta a sair à rua para marchar contra a Monsanto e demais empresas e lobistas ligados à industria agrícola dos organismos geneticamente modificados (OGM) e aos químicos utilizados na agricultura. A Marcha Mundial contra a Bayer-Monsanto é um apelo anual à acção com vista a sensibilizar/informar o público sobre os perigos que os OGM e os agro-químicos representam para a nossa saúde, mas mais ainda, celebrar uma agricultura de pequena escala, local e sazonal, e os benefícios sociais, ambientais que desta advêm.

Um ano depois da aquisição da Monsanto pela Beyer, a cidade do Porto, pelas mãos da Porto sem OGM junta-se uma vez mais a esta iniciativa. A concentração para a Marcha Global contra a Bayer-Monsanto faz-se pelas 15h nos Leões – praça Gomes Teixeira – arrancando com o seguinte trajecto:  praça de Lisboa,  rua S. Filipe Nery, rua dos Clérigos, praça da Liberdade e a avenida dos Aliados, colmatando numa concentração frente à Câmara Municipal do Porto, com planos para uma assembleia aberta.

2013_0525_t_ (32)Marcha Global contra a Monsanto no Porto, 2013, fonte da imagem aqui

Por que razão marchamos?
– Aliança contra as práticas agressivas da Monsanto na agricultura e indústria
– Rejeição do equivalente químico dos trangénicos a biológicos
– Exigência de rotulagem de todos os produtos que contêm OGM
– Exigência de testes científicos independentes sobre OGM
– Promoção de soluções biológicas, sem químicos fatais à saúde
– Exposição do compadrio entre as grandes empresas e o governo
– Luta contra a pobreza, a verdadeira causa da fome mundial
– Apoio aos produtores locais, às abelhas e sua polinização e à
biodiversidade.

Porto sem OGM em parceria com o grupo Diga Não aos Herbicidas com Glifosato – Say No to Glyphosate Herbicides e o Activista Mateus Carvalho, uniram esforços e levam à população um Abaixo Assinado com o intuito de remover nacionalmente a utilização de herbicidas com o composto químico glifosato: potencialmente cancerígeno segundo a Organização Mundial de Saúde, a Agência Internacional de Pesquisa do Cancro (IARC), a Organização das Nações Unidas e a Ordem dos Médicos Portuguesa.

O assunto será novamente discutido na Assembleia da República em data a marcar, uma vez que já foram colectadas mais de 16000 assinaturas.

Marcha Global contra a Monsanto-Beyer no Porto, 2017.

Se és daquelas pessoas que comem, e percebes que cada garfada tem um impacto enorme na economia, na saúde, e no ambiente, pondera em assinar e partilhar este Abaixo Assinado e junta-te a esta manifestação. Vamos mostrar ao país, à Europa, ao Mundo; que estamos contra o envenenamento da população, das águas, dos solos, em prol do lucro sem ética e sem respeito.

Fica aqui a página do evento no Facebook.

Não fiques em casa. Vem ter connosco e junta a tua voz à de milhões de pessoas em todo o planeta! Traz os teus familiares e amigos, os teus vizinhos e colegas de trabalho! Traz cartazes! Vem marchar pela tua saúde!

comentários

comentários